29 de dezembro de 2008

ÀS VEZES



Às vezes me parece que muitos momentos não me são favoráveis, mas às vezes sim, às vezes não! Às vezes tenho medo de algo, às vezes não, às vezes brigo, às vezes acolho, às vezes eu mesmo me pergunto por que às vezes somos tão diferentes uns dos outros. Ai às vezes fico sem respostas. Mas como todos, às vezes não achamos resposta para certas coisas, ficaremos nos perguntando sempre por que às vezes somos diferentes. Isso vai continuar sempre porque somos indecisos, frágeis, amorosos, brigões, chatos e sentimentais. E às vezes temos que deixar os “às vezes” de lado. Ficarei por aqui, mas às vezes voltarei para escrever mais alguns às vezes. É tudo muito doido assim mesmo. E nós somos todos doidinhos! É isso aí!

P. s. Não sou muito bom de pontuação, quer dizer, em outros pontos também.




Ednael Marcos - Ator

Um comentário:

Amerika disse...

Aunuqe se me dificulta un poco entender, por la cuestion del idioma, me parece interesante el rescate cultural que realizan.
felicidades.
un saludo.